Latest Publications

Openbravo

Nos tempos livres das últimas semanas tive a instalar e configurar o Openbravo. Para quem nâo sabe é um software open source POS. Existe também um Openbravo ERP a pagantes! O POS pareceu-me simples, mas suficientemente funcional para o seu fim. É muito flexivel, permite usar várias base de dados, é bastante configuravel. E além disso tem o código, muito fácil de compilar uma build a partir das sources. Instalei uma versão 2.30 a partir das sources com o odulo de auditoria obrigatório saftpt, retirado de um projecto realizado pelo Sergio, com pequenas alterações.
Já tive a inserir os produtos, configurar os tickets e está pronto a entrar em facturação esta semana.

UPDATE Abril 2011: link para download openbravo + saftpt
UPDATE Abril 2011: esta update é o openbravo + saftpt, mas claro que não é um software certificado tal como é exigido em 2011, apenas voltei a colocar o mesmo openbravo que compilei nesta altura

 

UPDATE: Link do dropbox para download.

wp-dbmanager

Instalei este plugin em 2 ou 3 blogs, para não precisar de me lembrar de fazer backups dos blogs.E a verdade é que nunca me lembro. Depois tenho também um outro plugin que dá para fazer backup do theme, e enviar por email, tal como este também permite. O restante blog vou fazer um backup manual de quando em vez (para os uploads e para os plugins).
Esta coisa dos backups nunca são precisos, mas quando forem vão fazer muita falta!

Alguém tem uma maneira mais prática de lidaar com isto?

Censura na TVE – hino de espanha

O TVE não passou em directo o hino espanhol, durante do jogo do Barça em Valência, de modo a poder esconder os assobios dos adeptos. Mais tarde no intervalo, cortou os assobios da bancada e passou apenas o hino.

Para já esta polémica valeu a demissão do director desportivo da TVE.
Toda a história no público.

A cadeia de televisão emitiu, depois, um comunicado a pedir desculpas pelo sucedido e atribuiu a um erro humano a suposta falha técnica. Aos assobios no estádio, juntou-se uma tarja enorme no lado dos adeptos do Barcelona: “We are nations of Europe, Goodbye Spain”, somos nações da Europa, adeus Espanha, com uma fotografia de Rajoy e Zapatero por baixo, escreve o “El País”.

Congresso na Malásia

Achei por bem divulgar aqui esta notícia do Público, reportagem da TVI. Temos de saber como é que os (alguns) médicos vão de férias. Gostei da parte de se vestirem de piratas! … e depois lá temos nós de pagar mais caro pelos medicamentos!

A história foi divulgada pela estação televisiva TVI já na sexta-feira. A estação exibiu imagens da viagem a Kuala Lumpur, onde no início de Novembro de 2006 decorreu o XVIII Congresso Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (onde participaram cem médicos portugueses). Segundo a reportagem, o laboratório J. Neves patrocinou a deslocação ao congresso de quatro dezenas de médicos de família que incluiria, além de visitas à capital da Malásia, jantares, espectáculos e uma viagem de cinco dias a LangKawi, uma ilha paradisíaca a cerca de 700 quilómetros do local do congresso. Em LangKawi os médicos vestiram-se de piratas e as imagens do CD que o laboratório terá distribuído como recordação foram profusamente exibidas na peça da TVI, para consternação de Pedro Nunes. “Aquilo ultrapassa todos os limites. No mínimo, parece-me inestético. Mas é subjectivo: o presidente do Governo Regional da Madeira já se vestiu de odalisca”, ironizou, notando que vai ser necessário investigar a situação. “A reportagem vale o que vale.”

Toda a notícia aqui.

Gripe suína

O que é gripe suína?

A “Gripe suína” ou “Influenza suína” é uma doença respiratória aguda, altamente contagiosa, dos suínos, causada por um dos vários vírus influenza A suína.

Tende a ter elevada morbilidade e baixa mortalidade (1-4%). O vírus é transmitido entre os suínos pelo ar, por contacto directos e indirectos, e por suínos portadores assintomáticos.

Surtos em suínos ocorrem durante o ano inteiro, com maior incidência no Outono e Inverno, em zonas temperadas. Muitos países vacinam rotineiramente as populações suínas contra esta gripe.

Os vírus da gripe suína mais comuns são os do subtipo H1N1 (enquanto o da gripe das aves era H5N1, não sei se se lembram), mas outros subtipos são também circulam em suínos (ex., H1N2, H3N1, H3N2). Os suínos também podem ser infectados com o vírus da gripe das aves e com vírus da gripe sazonal humana, para além dos vírus da gripe suína.

Às vezes, os suínos podem ser infectados com mais de um tipo de vírus ao mesmo tempo, o que pode permitir que os genes dos vírus se misturem. Isto pode resultar num vírus da gripe que contém genes de várias fontes, chamando-se um vírus reassortant.

Embora os vírus da gripe suína sejam normalmente específica da espécie suína, por vezes conseguem ultrapassar a barreira das espécies provocando doenças em seres humanos.

 

Quais são as implicações para a saúde humana?

Esporadicamente, têm-se verificado surtos de gripe suína em humanos. Geralmente os sintomas clínicos são semelhantes aos da gripe sazonal, variando desde assintomático até a pneumonias graves que resultam em morte.

Como esta gripe se assemelha às outras gripes e a outras infecções respiratórias, a maioria dos casos foram detectados por acaso, durante a vigilância da gripe sazonal normal. Assim, os casos moderados e leves podem ter “escapado” e não ter sido detectado, de modo que a verdadeira extensão desta doença nos seres humanos não é conhecida.

 

Como é que as pessoas ficam infectadas?

As pessoas costumam apanhar a gripe suína a partir de suínos infectados: através do ar. (Comer carne de suínos doentes não transmite a doença!!!)

Esta gripe pode ainda ser transmitida pessoa-a-pessoa (pelo ar!!!, mas em contacto próximo e em grupos fechados de pessoas), se uma delas estiver infectada. (Isto não acontecia na gripe das aves, em que só se apanhava a doença se se estivesse em contacto com aves infectadas).

O “problema” desta doença é mesmo este: ser transmissível pessoa-a-pessoa, o que, com a “globalização”, faz com que a doença se espalhe rapidamente.

 

É seguro comer carne de porco e de produtos?

Sim. A gripe suína não é transmissível às pessoas através da alimentação, desde que a carne (de porco) e derivados sejam preparados normalmente.

O vírus da gripe suína é morto se se cozinhar a temperaturas de 70 ºC, temperatura esta que é atingida normalmente na preparação da carne de porco e outras carnes

 

Qual o risco de pandemia?

É provável que a maioria das pessoas, especialmente aqueles que não têm contacto regular com suínos, não possuam imunidade para o vírus da gripe.

Quando um vírus (qualquer vírus!) consegue transmitir-se humano-a-humano, pode provocar uma pandemia. No entanto, o impacto da pandemia provocada por um vírus é difícil de prever, pois depende da virulência do vírus, da imunidade existente entre as pessoas, da protecção que uma pessoa pode ter devido a já ter tido uma gripe sazonal (anticorpos adquiridos) e de outros factores do hospedeiro (ex: idade, se tem o sistema imunológico baixo, etc.).

Não se sabe, portanto, qual o impacto que este vírus vai provocar, assim, nada como estar atento à OMS, e nada de entrar em pânico, porque não ajuda ninguém. Se se lembrarem, na gripe das aves foi uma corrida ao “Tamiflu” e não deu em nada.

 

Existe uma vacina humana para proteger da gripe suína?

Não existem vacinas que contenham o vírus da gripe suína actual, que provoca a doença em seres humanos.

Não se sabe se a actual vacina anti-gripe sazonal pode proporcionar alguma protecção.

Os vírus da gripe mudam muito rapidamente. É importante desenvolver uma vacina contra a estirpe do vírus que circula actualmente para se proporcionar uma protecção máxima às pessoas vacinadas. Esta é a razão pela qual se precisa do acesso a tantos vírus tanto possível, a fim de seleccionar o candidato mais adequado vírus vacinal.

Que medicamentos estão disponíveis para o tratamento?

Existem duas classes de medicamentos,

1) adamantanes (amantadina e remantadina)

2) inibidores da gripe neuraminidase (oseltamivir e zanamivir)

A maior parte dos casos previamente relatados gripe suína recuperou totalmente da doença sem necessitar de cuidados médicos e sem medicamentos antivirais.
Alguns vírus influenza desenvolvem resistência aos medicamentos antivirais, que limita a eficácia do tratamento. Os vírus obtidos a partir de casos recentes em humanos, são sensíveis ao oselatmivir e zanamivir mas resistente à amantadina e remantadine.

Para proteger-se, a prática geral de medidas preventivas para a gripe:

          Evitar contacto estreito com as pessoas que parecem mal e que têm febre e tosse.

          Lavar as mãos com água e sabão com frequência e cuidadosamente.

          Praticar bons hábitos de saúde adequados, incluindo dormir, comer alimentos nutritivos e manter-se fisicamente activo (para que o sistema imunológico funcione!).

 

Se houver uma pessoa doente em casa:

          Experimente colocar a uma pessoa doente numa secção separada da casa. Se isso não for possível, mantenha o paciente, a pelo menos 1 metro de distância dos outros.

          Cubra boca e o nariz quando cuidar doente.

          Lave as mãos cuidadosamente com água e sabão após cada contacto com o doente.

          Tente melhorar o fluxo de ar na área em que fica o doente. Use portas e janelas para tirar partido das brisas.

          Mantenha o ambiente limpo.

 

O que devo fazer se acho que tenho gripe suína?

Se se sentir mal, com febre alta, tosse e/ou dor de garganta:

          Fique em casa e mantenha-se afastado do trabalho, escola ou multidões, tanto quanto possível.

          Descanse e tome líquidos em abundância.

          Cubra a boca e o nariz com tecidos descartáveis ao tossir e espirrar, e descarte-os adequadamente.

          Lave as mãos com água e sabão com frequência e cuidadosamente, especialmente após tossir ou espirrar.

          Informe familiares e amigos sobre a sua doença e procure ajuda para as tarefas domésticas que requerem contacto com outras pessoas, como ir às compras.

          Telefone ao médico e/ou centro de saúde.

 

Se precisa de atenção médica:

          Contacte o seu médico telefonicamente e relate os seus sintomas. Explique porque acha que tem gripe suína (por exemplo, se tiver viajado recentemente para um país onde existe um surto de gripe suína em seres humanos). Siga os conselhos dados pelo médico.

          Se não for possível entrar em contacto telefonicamente com o médico a comunicar a sua suspeita de gripe suína, faça-o mal chegue ao hospital/centro de saúde. Tome cuidado para cobrir o nariz e a boca durante a viagem.


Asus EEE PC 1000

Fui à Worten ver os netbooks, principlamente para ver o tamanho / usabilidade. Tinha dúvidas que fosse possível utilizar o teclado decentemente.

A minha conclusão é que a partir do ecran de 10 polegadas, o teclado já é razoável, desde que o espaço esteja bem aproveitado: toda a área para teclado / monitor. O tamanho parece-me ao mesmo tempo bastante interessante para ser mesmo portatil.

O Asus EEE PC 1000, pareceu-me um modelo intressante para estes requisitos:

– pequeno o suficiente para ser portatil

– teclado suficientemente grande para escrever

– monitor de tamanho mais ou menos.

– autonomia boa: até 7 horas! Não sei bem o que isto significa, mas se for mesmo 7 horas de utilização é bom. No site diz 6 horas!

– Caracteristicas mais que suficientes: 1GB memoria, 60 GB disco, WiFi,…

– custa +/- 350€
De qualquer modo acho que os netbooks/palms não servem para subsituir o telefone. O tamanho nunca consegue ser tão pequeno para andar no bolso, e ao mesmo tempo ter o mínimo de usabilidade.

Recenciamento eleitoral

A partir de agora as pessoas ficaram automáticamento inscritas para votar. Os cidadãos com BI válido foram automáticamento inscritos na respetiva área de residência. O número de eleitor pode ser consultado em:

http://recenseamento.mai.gov.pt/ 

Isto faz todo o sentido. Não percebo é porque é que não é assim desde sempre!

Medina Carreira

Um email que recebi, e que não subscrevo. Se perguntarmos ao Medina Carreira que medidas devem ser tomadas, sobre qualquer assunto ele não diz nada, não sabe! Falar só para dizer mal é muito fácil. Ele é bom nisso, mas o que é que isso interessa! É o que o pessoal gosta, de dizer mal, mas não leva a lado nenhum….

Para quem não viu, no programa da SIC (Mário Crespo Entrevista), Medina Carreira deu forte na classe politica!
Posso dizer que fiquei fã.

Quem quiser ver o programa está em:

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/mariocrespoentrevista/2009/3/mario-crespo-entrevista.htm

Para abrir o apetite, aqui ficam algumas considerações que o Fiscalista teceu acerca da crise, do país e dos governos:

“Nem Jesus Cristo teria soluções”…

“Ó Mário crespo deixe Jesus Cristo, se nós tivessemos escolas que educacem, tribunais que julgacem, politicos que não fossem corruptos, burrocracia que fosse aceitavel, isto era diferente”…

“Os partidos políticos PS e PSD são basicamente bancos alimentares”…

Uma das minhas favoritas

“Estes partidos têm de viver da manjedoura estadual”…

Na minha terra quem come nas manjedouras são os animais…

“O País anda a ser embebedado pela classe política”…

MÁRIO CRESPO DIZ: O senhor já pensou num novo partido?

MEDINA CARREIRA: “já 3 pessoas me convidaram”…

MÁRIO CRESPO: “E”

MEDINA CARREIRA: “Bem, eu disse que casas de mulheres de má vida já há muitas”…
Sem dúvida, políticos = prostituição…  :=)

O que pensam fazer vocês? Eu já estou a fazer a minha parte!

Não sejam acéfalos; repassem o mail…

Popxula

Para partilhar o videoclip dos PopXula, que o Rui nos deixou no Princesa da Beira.

Comprar painés solares a metade do preço

Ainda não vi as condições detalhadas, mas parece-me uma boa oportunidade!

Os equipamentos custam cerca de metade, face ao preço normal de venda ao público, segundo dados do MInistério da Economia e Inovação. Esta redução é conseguida, em 20%, por via do efeito de escala (ou seja, os bancos negoceiam em bloco com os fornecedores) e, em 45%, pela comparticipação pública de 100 milhões de euros (financiada pela iniciativa do Governo “investimento e emprego”). O MEI diz que, desta forma, o consumidor consegue uma poupança superior a duas vezes o valor que investiu, durante a vida útil do equipamento (20 anos).

jornal de négocios.

  •